As quatro principais maneiras de transformar obstáculos em oportunidades em uma entrevista de emprego

Ao analisar currículos, um recrutador encontra habilidades e capacidades muito interessantes e específicas nos candidatos. Como os perfis são muito variados, encontra até mesmo algumas coisas curiosas, como hobbies e projetos que em princípio talvez até destoem um pouco do perfil inicialmente procurado. Esses detalhes diferenciados chamam mesmo a atenção de quem está ali para escolher a pessoa perfeita para preencher determinada vaga.

Mas nem sempre isso pode ser positivo: é preciso ter cuidado ao selecionar as informações que são realmente importantes e memoráveis para quem lê seu histórico. E isso diz respeito especialmente ao seu ACG: a sigla demanda que você seja Autêntico, faça uma Conexão e dê aos outros um “Gostinho” de quem você é. Parece simples demonstrar isso, mas não é viável confiar inteiramente nesses três pontos.

Se na sua vida você exibe intervalos entre alguns empregos, retrocesso para funções ou postos que sejam considerados menores e responsabilidades mais estreitas, tais movimentos podem levantar dúvidas sobre por que você não avançou na sua carreira. Está familiarizado com essas situações? Então continue a leitura para saber quatro principais maneiras de transformar esses obstáculos em oportunidades em uma entrevista de emprego!

Conheça seus pontos de alerta

Você teve a chance de se juntar a uma startup que mais tarde faliu. Você mudou de área, mas descobriu que fez um negócio ruim. Você passou de um grande nível hierárquico para um simples e pequeno empreendedor (ou vice-versa), apenas para tentar algo diferente do que estava acostumado. Todos nós estamos sujeitos a enfrentar esse tipo de coisa em nossa vida e em nossa carreira e são elas que nos ajudam a entender como funciona o mercado e como a nossa área de atuação se comporta.

Não elimine esses erros profissionais de seu currículo ou evite-os em uma entrevista. Se você sabe que essas mudanças são seus pontos de alerta, pode se preparar melhor para responder por eles. Antecipe as perguntas que o gerente de contratação fará e formule respostas inteligentes e completas que enfatizem o que você aprendeu: por exemplo, onde você se sente mais à vontade para trabalhar, como pode contribuir da melhor forma com a empresa através dessas experiências e o que lidar com falhas e desenvolver resiliência pessoal contribuiu para seu aprendizado.

Evite mentirinhas

Como diz o ditado, a verdade liberta você. Não ceda à tentação de mentir, exagerar ou esticar algo que realmente aconteceu em sua vida profissional para esconder um ponto negativo em seu currículo. Se você for pego falsificando as datas de emprego para cobrir uma lacuna, por exemplo, tudo no seu currículo ou que você diz em uma entrevista se torna suspeito.

Mais do que isso, ter a coragem de dizer a verdade mostra seu caráter e é isso o que muitas grandes companhias ao redor do mundo realmente valorizam. Lembre-se de histórias de pessoas realmente honestas, que ficam conhecidas na internet por terem listado um crime cometido no passado em seu currículo e mesmo assim conseguiram um emprego. É claro que não se deve generalizar, mas as histórias certas podem ser realmente inspiradoras nesse cenário se você precisa de mais coragem para se empenhar com a verdade.

Enfrente as consequências de suas mudanças de emprego

De fato, este não é um negócio tão grande como era há anos atrás. Hoje em dia, as pessoas ficam menos tempo, em média, em seus empregos. Os millennials, por exemplo, mudam de emprego depois de dois ou três anos e chegam a trabalhar para até 30 empregadores ao longo de suas carreiras. Mas uma série de saltos entre empregos em períodos muito curtos, com nunca mais de um ano em cada posição, provavelmente levanta uma bandeira vermelha em uma entrevista com um gerente de contratação.

Esteja preparado para lidar com esses movimentos com total sinceridade. Por exemplo, se você ainda estava tentando encontrar seu caminho profissional, diga isso. E, como mencionado acima, coloque a ênfase no que você aprendeu com essas experiências variadas. Não deixe que a percepção de outra pessoa se torne sua realidade. A melhor maneira de se destacar é mostrar ao gerente de contratação como você adicionaria valor à empresa com toda a bagagem que já carrega.

Padronize suas informações profissionais

Por último, certifique-se de que sua experiência profissional seja compatível com todos os locais em que ela é divulgada. Quando um recrutador se prepara para entrevistar um candidato, sempre verifica se o currículo do candidato está similar ao que consta no perfil dele no LinkedIn, por exemplo. Embora as palavras possam ser um pouco diferentes, ele espera sempre encontrar os mesmos cargos e informações básicas que chegaram inicialmente em suas mãos.

Lacunas, diferentes intervalos de tempo e informações inconsistentes sinalizam um problema em potencial com o currículo ou com a forma como a pessoa está tentando se apresentar online – muitas vezes para parecer mais avançada em sua carreira do que realmente é. Isso é fácil de evitar com um pouco de bom senso. Você será exposto através de uma simples verificação de antecedentes ou referências e sabe que isso só serve para deixar uma mancha em sua reputação.

Sem dúvida alguma, você quer mostrar um plano de carreira que se parece com uma escada. Ou seja, deseja que suas experiências comprovem seu crescimento e a sua mudança de nível para cargos cada vez maiores e mais importantes. Para muita gente, isso é sinônimo de sucesso profissional. Mas quando essa não é a sua realidade, você precisa admitir a questão e ter em mente que isso não coloca suas capacidades e habilidades abaixo de seus concorrentes.

Pelo contrário, é a sua honestidade e a sua dedicação em mostrar o que tirou de lição por toda a sua jornada profissional que podem fazer você ir ainda mais longe. Coloque cada um desses itens em prática e você terá encontrado uma forma eficiente de transformar tudo o que parecia um grande obstáculo em uma oportunidade incrível.

Gostou dessas dicas? Como você se sente em relação ao seu histórico profissional? Já enfrentou alguma situação mais difícil em uma entrevista de emprego devido a esses detalhes? Como passou por ela? Divida a sua experiência aqui embaixo, nos comentários!

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *