10 curiosidades sobre o Vale do Silício

 

O Vale do Silício é o apelido dado a região da baía de São Francisco, na Califórnia, que é composta por cidades como Campbell, Cupertino, Fremont, Los Altos, Los Gatos, Menlo Park, Milpitas, Mountain View, Newark, Palo Alto, San José (a mais populosa), Santa Clara, Saratoga, Sunnyvale, Redwood City e Union City, além de ser também a casa de gigantes da alta tecnologia como Google, Facebook, Apple. O que preparamos para este post é um compilado com algumas das curiosidades que rodeiam um dos maiores polos de tecnologia do mundo. Vale a pena saber que:

 

1- Além das empresas com sedes no Vale do Silício, a região também abriga algumas filias de renome, como Amazon, Asus, Dell, Fujitsu, Hitachi, McAfee, Microsoft, Mozilla, Sanyo, Siemens, Sony Erickson, Sun Microsystem e muitas outras.

 

2- A Califórnia, estado que abriga o Vale, é o mais populoso dos States e abriga cerca de 10% da população que vive no país. E é também na Califórnia que estão quatro das 20 maiores cidades dos Estados Unidos: Los Angeles, San Diego, São Francisco e San Jose.

 

3- AMORC (matriz da ordem mística), conhecida como Ordem Rosacruz, fica em San Jose.

 

4- É um excelente lugar para você turbinar o seu currículo. Isso mesmo: você pode aprender com nomes de peso do vale. Como? O LAIOB tem tudo preparado através de nossos programas no Vale do Silício, que têm como objetivo apresentar as últimas tendências de gestão e tecnologia, mostrar os maiores cases de sucesso do Vale , oferecer workshops, seminários e networking com especialistas de diversas áreas. Além disso, os alunos também vão até algumas das principais empresas sediadas na região (vale lembrar que grande parte das empresas não aceita visitas de turistas desacompanhados). É uma verdadeira imersão na experiência de ser empreendedor. Para mais informações sobre todas as modalidades do programa, você pode acessar o hotsite exclusivo ou então enviar um e-mail para atendimento@www.laiob.com.

 

5- E não é para menos o resultado das pesquisas que explicam o sucesso do Vale do Silício: o grande número de centros de pesquisas do governo estadunidense e laboratórios, além da gigante concentração de instituições de ensino de peso, como a Universidade de Stanford (parceira LAIOB).

 

6- Por falar em universidades, oito das melhores do mundo estão nos Estados Unidos, sendo que três estão localizadas na Califórnia (Universidade de Stanford , Instituto de Tecnologia da Califórnia e Universidade da Califórnia).

 

7- Get out of the building e fail fast são expressões bastante conhecidas no Vale do Silício. Afinal, testar e validar, principalmente com potenciais clientes e investidores são palavras de ordem para as gigantes da tecnologia. Além disso, o medo do novo não é algo que aflige os norte-americanos. Exemplo disso é o tempo de criação e de vida de uma empresa que está no Vale do Silício para uma alocada em terras brasileiras. Aqui, levamos meses para tirar a ideia do papel e anos para fechar as portas quando algo não vai bem. Por lá, ideias amadurecem em minutos e podem ser esquecidas em dias. Isso se dá a falta de medo do fracasso.

 

8- O Vale está em uma das regiões mais vulneráveis do mundo para terremotos, às margens da falha de San Andreas (um tipo de rachadura na crosta da terra). E isso não é novidade para os habitantes da Califórnia, que já esperam pelo abalo sísmico denominado de Big One .

 

9- O nome Vale do Silício surgiu pela quantidade de empresas no segmento hardware localizadas na região.

 

10- O silício, encontrado na areia, na argila, no granito e no quartzo, é um dos elementos mais abundantes da terra.

 

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *